PATRULHEIRO PROTETOR E AMIGO

terça-feira, 31 de maio de 2011

Acidente de trânsito sem vítima na Avenida Geralda Maria da Conceição



Ilha Solteira - SP.

A viatura 259 da Guarda Municipal composta pelos GMs Santos e Ana compareceram na Avenida Geralda Maria da Conceição, as 09:36 min do dia 22/05/2011 para averiguar um acidente de trânsito. No local a guarnição encontrou um veículo Celta, cor prata, da cidade de Andradina, que estava fora da pista, dentro do mato, pois devido ao choque em uma árvore a frente estava danificada, porém o condutor não se encontrava no local. O veículo estava com a porta do lado do passageiro aberta e no acostamento haviam um boné e um óculos jogados.
Com a identificação da placa foi possível localizar a família do proprietário do veículo, no qual foi informada sobre o ocorrido para que a mesma providenciasse a retirada do veículo.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Palavras do presidente da Câmara dos deputados Federais


O presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou há pouco, na abertura do seminário sobre guardas municipais, que a inserção da categoria no debate sobre segurança pública é fundamental para a reformulação das políticas públicas para a área. Ele afirmou que uma das alternativas para resolver os problemas na área de segurança é dotar estados e municípios de condições adequadas para atuar na prevenção e combate à violência e ao crime. E a atuação dos municípios, segundo ele, depende diretamente do trabalho das guardas municipais.
Marco Maia lembrou que a Câmara instalará comissão especial sobre segurança pública, cujos trabalhos devem incluir a análise do papel das guardas municipais no sistema brasileiro de segurança pública. A início dos trabalhos da comissão, criada em abril, ainda depende da indicação dos integrantes pelos partidos.

Ele afirmou que os debates de hoje do seminário vão contribuir para orientar as ações dos deputados sobre o tema. O seminário que discute a ampliação do papel da categoria nos sistemas de segurança pública é promovido pela Comissão de Legislação Participativa. O debate ocorre no auditório Nereu Ramos.

Reportagem – Verônica Lima/Rádio Câmara
Edição – Paulo Cesar Santos

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'

Deputados apoiam ampliação das competências das Guardas Municipais

Parlamentares defenderam nesta terça-feira a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 534/02, do Senado, que amplia as competências das guardas municipais. O tema foi discutido em seminário sobre guardas municipais e segurança pública promovido pela Comissão de Legislação Participativa.
A proposta, que já foi aprovada em comissão especial e está pronta para ser votada pelo Plenário, autoriza as guardas municipais a atuar na proteção da população. Atualmente, a instituição pode trabalhar somente no resguardo de bens, serviços e instalações municipais.
Para o relator do texto, deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), há dois problemas que impedem a votação da PEC. O primeiro é a falta de mobilização dos próprios profissionais das guardas para pressionar os deputados a colocarem a proposta na pauta do Plenário. O outro item que impede a votação, na opinião do relator, é o lobby de setores da Polícia Militar (PM) contra a ampliação das atividades da guarda municipal.
“Todo coronel da PM da ativa é contra as guardas municipais, mas quando vai para reserva quer ser comandante dessas guardas”, afirmou Faria de Sá. Ele destacou que a PEC 534/02 está mais adiantada em relação a outras medidas sobre segurança (como as PECs 300/08, que trata do piso salarial de policiais e bombeiros, e 308/04, que cria as polícias penitenciárias federal e estaduais).
Frente Parlamentar
O deputado Vicentinho (PT-SP) também pediu aos guardas municipais que se mobilizem para cobrar dos parlamentares a aprovação da PEC e para relançar a frente parlamentarpró-guarda municipal, da qual ele era presidente. “A aprovação da regulamentação da categoria vai depender muito mais de nós. Precisamos de mais unidade, de atos unificados. A causa é mais ampla que os partidos”, declarou. Atualmente, há 139 assinaturas das 171 necessárias para a reinstalação da frente.
Já o deputado Delegado Waldir (PSDB-GO) sustentou que toda guarda municipal deve ser armada. Atualmente, o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03) prevê o porte de armas apenas para guardas municipais de cidades com mais de 50 mil habitantes. “Somos defensores de uma guarda forte, ao lado do cidadão, para ser policia comunitária e ostensiva em defesa da vida.”
Políticas de segurança
Segundo o presidente da Câmara, Marco Maia, a inserção da categoria no debate sobre segurança pública é fundamental para a reformulação das políticas públicas para a área.
Maia afirmou que uma das alternativas para resolver os problemas na área de segurança é dotar estados e municípios de condições adequadas para atuar na prevenção e no combate à violência e ao crime. E a atuação dos municípios, segundo ele, depende diretamente do trabalho das guardas municipais.
Comissão especial
A Câmara instalará comissão especial sobre segurança pública, cujos trabalhos devem incluir a análise do papel das guardas municipais no sistema brasileiro de segurança pública. O início dos trabalhos do colegiado, criado em abril, ainda depende da indicação dos integrantes pelos partidos.
Para o presidente da organização não governamental SOS Segurança Dá Vida, Maurício Domingues da Silva, que propôs a realização do seminário, de nada adianta fazer debates sobre as guardas municipais em diferentes cidades se não for feito um trabalho específico em Brasília. “Precisamos pôr na cabeça do parlamentar que o dever da polícia é muito mais do que as polícias estaduais estão fazendo.”
O seminário prosseguirá nesta tarde, no auditório Nereu Ramos. Na pauta do evento estão a capacitação das guardas municipais e o histórico das atribuições de seus profissionais.
Fonte: Câmara Federal

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Acidente de trânsito sem vítima na Avenida Brasil Norte

Ilha Solteira - SP

A viatura 259 da Guarda Municipal composta pelos GMs Celso e Sabino foram acionados para comparecer na Avenida Brasil Norte, altura do número 978 para averiguar uma colisão entre uma VW/Kombi da Prefeitura Municipal de Ilha Solteira e um ônibus da empresa viação São Luiz, ocorrido no dia 21/05/2011 as 11:10 mim. Segundo informações do motorista da prefeitura, o mesmo foi estacionar a kombi para desembarcar uma passageira e ao proceder a manobra, enroscou na ponteira do ônibus, vindo a causar danos no para brisa e na ponteira. O motorista do ônibus relatou que estava estacionado no ponto de ônibus para embarcar passageiros. Foi constatado que não houve vítimas, somente danos materiais.
Após qualificar as partes envolvidas, os condutores foram liberados.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

Acidente de trânsito sem vítima na Avenida Brasil Norte

Ilha Solteira - SP.

A viatura 259 da Guarda Municipal foi solicitada para comparecer na Avenida Brasil Norte entre os números 198-B até o número 318 para averiguar um acidente de trânsito envolvendo três veículos, ocorrido no dia 23/05/2011 as 18:16 min. Segundo informações de populares, o Corpo de Bombeiros estava efetuando o resgate de uma criança envolvida em um atropelamento por um ciclista. Devido o trânsito estar parado por ocasião do acidente, houve um engavetamento envolvendo três veículos, sendo um Gol, uma Belina, e um Celta. A viatura de apoio 199 da Guarda Municipal auxiliou no fechamento da via e o local foi sinalizado com cones e o trânsito desviado até que fossem efetuadas as providências de praxe. Não houve vítimas nas colisões entre os veículos. Após qualificar as parte envolvidas, o trânsito foi liberado para o fluxo normal.


Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.



domingo, 22 de maio de 2011

91 vagas para Guarda Municipal em São José do Rio Preto - SP


Profissionais com Nível Médio completo poderão concorrer aos 91 postos de trabalho disponibilizados pela prefeitura de São José do Rio Preto, São Paulo, para o cargo de Guarda Municipal 3ª Classe, a partir do mês de junho.
As vagas serão ofertadas em concurso público e os aprovados terão direito a salários de R$ 1.529,13, mais gratificação/adicional por jornada de trabalho de 12h e 36h de descanso.
Os interessados deverão efetuar sua inscrição pelo site www.vunesp.com.br entre os dias 6 de junho e 5 de julho de 2011, às 16h, e realizar o pagamento da taxa no valor de R$ 50,00.
Estão previstas provas objetivas (Conhecimentos Gerais, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Atualidades do Município e Noções de Informática, Legislação), aptidão física, avaliação psicológica, avaliação social e curso de formação específica, totalizando 5 fases.
Serviço - Informações complementares referentes à inscrição poderão ser obtidas no site da Vunesp ou pelo telefone (11) 3874-6300 em dias úteis, das 8h às 20h.
Publicado em http://concursosdiario.com/sao-paulo/91_vagas_para_guarda_municipal_em_s_o_jos_do_rio_preto_-_sp.html?utm_source=feedburner&utm_medium=twitter&utm_campaign=Feed%3A+ConcursosDiario-ConcursosPblicos+%28Concursos+Diario+-+Concursos+P%C3%BAblicos%29
Fonte: Prefeitura de São José do Rio Preto - SP.

Acidente de trânsito com animal na pista sentido Fapic / Porto


Ilha Solteira - O controle de rádio da Guarda Municipal recebeu uma solicitação via fone no dia 21/05/2011 às 22h28min, informando que havia um garrote morto no centro da pista de rolamento. O solicitante S.A.A informou que a Rês se encontrava na Avenida Geralda Maria da Conceição, no percurso entre o Recinto de Exposição e Lagoa de estabilização. A guarnição da viatura 199 constatou a veracidade do ocorrido, providenciou a sinalização, evitando novos acidentes com os usuários da via.  No local do acidente havia pedaços da grade de um veículo de porte grande espécie tipo"caminhonete", entre os fragmentos estava uma identificação da marca "Ford", porém o condutor não encontrava-se no local. A guarnição solicitou apoio da viatura 259 para auxiliar na remoção da Rês da pista, sendo colocada no acostamento onde não oferecia risco aos usuários da avenida, posteriormente foi notificado o setor responsável da Prefeitura Municipal para providenciar o recolhimento do quadrúpede e destiná-lo ao local apropriado. O proprietário do animal não foi localizado para tomar ciência do fato ocorrido, porém foram anotadas as identificações do animal para providências de praxe.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

sábado, 21 de maio de 2011

Comerciante é vítima de roubo em estacionamento


Ilha Solteira - SP

Em patrulhamento de rotina a guarnição da viatura 259 GM Cristofoli e GM Luiz foram solicitados por populares, informando que havia acontecido um roubo e que o suspeito em posse de um arma havia fugido pela viela de 200 do passeio corumbá. A guarnição efetuou buscas pelas imediações com o apoio da viatura 199 GM Fabiano e GMF Marilza, porém não logramos êxito em localizá-lo, pois o elemento conseguiu esconder-se aparentemente em algumas residências que estavam sem moradores no momento. A vítima relatou que o suspeito é um elemento moreno, magro e alto, dentuço e olhos fundos e arregalados, trajando camiseta listrada horizontalmente com uma arma tipo revólver que a vítima acredita ser calibre 32 de cor preta. Durante o roubo o suspeito pegou a carteira contendo todos os documentos pessoais, além de cartões bancários e talão de cheques do banco do brasil, porém não havia dinheiro. A vítima J.A.S deslocou-se até a delegacia de polícia civil para registrar o fato ocorrido juntamente com a equipe da Guarda Municipal.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Ladrões morrem em confronto com PMs após roubo de moto em Selvíria -MS - cidade divisa com Ilha Solteira -SP







Na noite dessa quarta-feira por volta das 20h na cidade de Selvíria o cidadão A.F.A.M foi vítima de roubo. Quando estava na residência de um amigo, o M.A.S foi abordado por um homem que perguntou sobre uma pessoa desconhecida. A vítima ao sair para prestar informações, foi surpreendida por outro elemento que estava escondido e de posse de uma arma de fogo, os dois invadiram a casa.
Enquanto um dos bandidos amarrou pés e mãos da vítima, o outro dava cobertura apontando-lhe outra arma de fogo. Os ladrões roubaram uma motocicleta e um telefone celular e empreenderam fuga deixando a vítima amarrada. Ao conseguir soltar-se A.F.A.M ligou para a polícia e denunciou os fatos.
A PM quando estava saindo da unidade policial para atender esta ocorrência recebeu a informação de um senhor que foi até a unidade militar, este por sua vez disse que estava conduzindo seu carro de Aparecida do Taboado até Selvíria pela BR-158, quando avistou dois elementos em atitude estranha, pois cada um deles estava empurrando uma motocicleta, e ainda tentaram pará-lo na rodovia na tentativa de apropriar-se do seu veículo para seguir em fuga. Este senhor com medo, desviou dos bandidos e correu para informar a policia militar.
Os policiais de plantão assimilaram os fatos e deduziram que os homens empurrando as motocicletas na rodovia poderiam ser os mesmos que teriam roubado a motocicleta de A.F.A.M e deslocaram rapidamente ao local que o senhor informou deparando-se com os possíveis autores do roubo.
Ao avistá-los e aproximando-se dos mesmos, um dos policiais deu voz de parada aos suspeitos quando estes então começaram a efetuar disparos de arma de fogo contra os policiais, sendo tais disparos revidados em legitima defesa o que ocasionou na morte dos meliantes.
A PM de Selvíria comunicou ao 2º batalhão de Três Lagoas, onde o Major Wilson Sérgio Monari, enviou duas viaturas para a localidade realizando os procedimentos necessários.
A PM de Selvíria conseguiu recuperar a motocicleta roubada da vítima, e esta por sua vez reconheceu os assaltantes e as armas utilizadas para o crime.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Rádio Caçula - Três Lagoas MS



“Grito de Alerta sobre uso do álcool” mobiliza cidade


Ilha Solteira -  “Grito de Alerta sobre uso do álcool” mobiliza cidade e muitas pessoas se assustaram quando viram na manhã de sábado a Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros realizando simulações de acidentes de trânsito com e sem vitimas, veículos danificados por acidentes, atirados no meio do canteiro da avenida Brasil. A cena ficou ainda mais sinistra com a cobertura de alguma coisa que parecia um corpo. Felizmente não era verdade. Tratava-se de uma sensibilização emocional para discussão do tema: “o uso abusivo do álcool”. Entre as entidades promotoras está o CEREST- Centro de Referência em Saúde do Trabalhador em Ilha Solteira, Prefeitura Municipal e Unesp.

A campanha denominada “Grito de Alerta Sobre o Uso Excessivo do Álcool” vai até sexta-feira, dia 19 de maio. Ainda na manhã de sábado com apoio de representantes das entidades envolvidas na campanha realizaram uma operação pedágio, para distribuição de folders informativos e adesivos para veículos.
Nessa terça-feira, será realizada uma Oficina Temática no Pátio da Prefeitura. O evento se repetirá na quarta-feira no Pátio da Prefeitura e na quinta às 7h30 o encontro será na Unesp. No mesmo dia voltará ser realizado pedágio na Avenida  Brasil, a principal da cidade. Dia 20, das 14h30 às 20h30, será apresentada peça “Uma dose a mais...de consciência”. Será na Casa da Cultura.

Visão- Assessoria de Imprensa

terça-feira, 17 de maio de 2011

Acidente de trânsito sem vítima - Avenida Brasil Sul


A viatura 199 da Guarda Municipal composta pelos Gms Fabiano e Luiz foram solicitados as 05:32 horas da manhã do dia 14/05/2011 para averiguar um acidente de trânsito ocorrido na Avenida Brasil Sul, altura do nº 855. No local foi localizado um veículo saveiro cor prata com a frente danificada. O condutor G.G.G relatou que estava em deslocamento da avenida Brasil Sul ao centro da cidade, quando perdeu o controle do veículo, vindo a subir na guia e chocar-se com um poste tubular. Em decorrência do choque a lâmpada e a luminária de vidro quebraram. O veículo sofreu danos de média monta, no qual não tinha condições de rodagem, sendo providenciado a remoção pelos familiares. Devido a documentação do veículo e a habilitação do condutor estarem legalizados, a guarnição liberou o veículo.
O condutor não sofreu nenhum ferimento durante o acidente, e após ser qualificado o mesmo se prontificou a reparar os danos materiais da luminária e lâmpada.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

sábado, 14 de maio de 2011

Acidente de trânsito com vítima - Rua Fortaleza





Ilha Solteira


A viatura 259 da Guarda Municipal foi solicitada para comparecer na Rua Fortaleza com a esquina da viela de 300 do Passeio Fortaleza para averiguar um acidente de trânsito entre um veículo Fiat Palio/ ED e uma motocicleta Honda CG 150 que havia ocorrido as 19:00 horas do dia 13/05/2011.
Devido a viatura da Guarda Municipal ter chego primeiro no local do acidente e constatando a veracidade dos fatos, os GMs Luiz e Hércules providenciaram a sinalização do local e o controle do trânsito, juntamente com a equipe de apoio da viatura 199 GMs Sabino e Gevanildo. O condutor da motocicleta R.S.S que estava caído no asfalto com ferimentos nos joelhos e escoriações pelo corpo foi atendido pelo GM Santos até chegar a equipe do Resgate do Corpo de Bombeiros que efetuou os primeiros socorros na vítima e o conduziu até o pronto socorro municipal. O condutor H.R.G do veículo Fiat Palio não se feriu.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

Grande apreensão de maconha na Divisa do Município de Ilha Solteira-SP com Selvíria-MS


SELVÍRIA/MS  


 As polícias Civil e Militar do Município apreenderam na manhã desta quarta-feira, cerca de 100 quilos de maconha escondidos num Gol, cor cinza, com placa de São Paulo, que caiu num buraco ao lado da Rodovia MS-444 - na divisa dos Estados do Mato Grosso do Sul/ São Paulo entre as cidade de Selviria com Ilha Solteira.

Dividida em tabletes, a droga foi encontrada em várias partes do veículo: bancos, portas e pára-choque traseiro, inclusive no estepe, afirmou o delegado Messias Pires, que efetuou a prisão em flagrante de duas passageiras, Priscilla Jacqueline Martins Rodrigues, 24, e Ilza Aguirres Martins, 44, ambos de Ponta Porã [MS].

O traficante, identificado apenas como Marcos, fugiu após o acidente, mesmo ferido e sangrando, segundo as mulheres. Ele era aguardado desde ontem à noite pela equipe do delegado Messias e PMs, só que o grupo esperava uma veiculo Chevrolet e não Volkswagen.

Na tentativa de atravessar a ponte sobre o rio Paraná [de MS para SP], o motorista perdeu o controle da direção e o Gol caiu na vala no aterro da Usina Hidrelétrica. Feridas levemente, Priscilla e Ilza buscaram socorro numa lanchonete na entrada de Selvíria. Ambas alegaram à Polícia Civil que pegaram carona com Marcos em Três Lagoas e iriam fazer compras em são Paulo.

Mas o argumento não convenceu o delegado, porque as mulheres levavam mapas e o roteiro da viagem desde Ponta Porã, onde residem. “Além disso, outras evidências apontam o envolvimento de ambas no crime”, afirmou Messias Pires. Elas já foram transferidas para o Presídio Feminino de Três Lagoas. Além do delegado a apreensão foi liderada também pelo subtenente Clemente.

Droga estava escondida no interior do Gol acidentado.

Fonte: Jornal Impacto

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Incêndio atinge quatro residências no Passeio Maringá



Ilha Solteira - SP

Por volta das 14:33 horas do dia 07/05/2011, a Guarda Municipal foi solicitada pelo Corpo de Bombeiro para auxiliar no combate ao incêndio no Passeio Maringá viela de 200. No local os GMs Fabiano, Luiz e Cristofoli observaram muita aglomeração de pessoas  próximo as residências onde os Bombeiros estavam apagando o fogo. A Guarda Municipal orientou para que as pessoas fossem para um local seguro, e após a retirada dos moradores e curiosos, a área foi isolada com fita zebrada para que os Bombeiros pudessem trabalhar com segurança no combate ao incêndio. O sinistro tinha se propagado em 04 residências as de nº 209, 211, 213 e 215, sendo a de nº 213 a mais prejudicada. Os proprietários não souberam relatar em que casa começou o incêndio. Após  controlar o fogo o Corpo de Bombeiros informou que não  houve nenhuma  vítima fatal ou ferida, somente danos materiais. A viatura da Guarda Municipal permaneceu preservando o local até a chegada da perícia.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.


Acidente de Trânsito com vítimas - Alameda Rio de Janeiro/Rua Macaé


Ilha Solteira  SP. - A Guarda Municipal foi acionada para auxiliar as vítimas de um grave acidente que ocorreu na Alameda Rio de Janeiro com a Rua Macaé próximo ao campo do Burú no dia 07/05/2011 as 15:45 horas, envolvendo a colisão frontal de uma motocicleta Suzuki Intruder 125 e um Caminhão Ford/ F-4000. No local a Guarda Municipal efetuou o isolamento da área  para que o Corpo de Bombeiros efetuassem os primeiros socorros no condutor e passageiro da motocicleta. Os GMs Fabiano e Luiz auxiliaram o corpo de Bombeiros nos primeiros socorros as vítimas, enquanto o GM Cristofoli efetuava a sinalização e o controle do desvio do trânsito na Alameda. As vítimas da motocicleta foram encaminhadas ao pronto socorro municipal pelo resgate do Bombeiro, onde o condutor foi transferido para santa casa de Araçatuba e o passageiro permaneceu internado no hospital local.
Quanto ao condutor do caminhão Ford/ F-4000 não houve ferimento, sendo conduzido pela viatura da Guarda Municipal até a delegacia de Polícia Civil para prestar depoimento sobre o acidente. Foi constatado que o condutor da motocicleta não é habilitado, sendo assim o CRLV e a motocicleta foram apreendidos. A viatura da Guarda Municipal permaneceu no local para preservação. Após a chegada da perícia que efetuou os procedimentos e registros do ocorrido, o local foi liberado.

Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito.

Secretária nacional de Segurança defende Guarda Civil com poder de polícia



São Bernardo do Campo – A Guarda Civil Municipal (GCM) deve funcionar como polícia comunitária, na visão da secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki. A declaração foi feita em entrevista exclusiva ao jornal ABCD Maior. Ex-secretária de Diadema, ela considera que a possibilidade de os agentes portarem armas não deve definir a atuação, mas sim a relação com a população.


“A proximidade e a vinculação da GCM à comunidade às vezes traz ao guarda a iniciativa de imobilizar um bêbado que está tumultuando um local, sem ter de deixar essa pessoa passar pelo ridículo de ser algemada ou conduzida ao DP (Distrito Policial)”, explicou Regina. Apesar disso, a secretária Nacional em Segurança esclareceu que não é pelo armamento que a guarda busca uma identidade diferenciada, mas sim pelo contexto da segurança pública no País. “O novo paradigma exige que a GCM seja uma guarda cidadã e que tenha maior contato com a população. Mas isso não significa que o guarda não precise saber se defender”, destacou.

O comandante da GCM de Diadema, Hideharu Bombata, concorda com o posicionamento da secretária. “A GCM não tem total poder de polícia, até porque cada agente de segurança tem a sua especificidade. Mas, apesar de o nosso foco ser o patrimônio municipal, isso não impede de ajudar os munícipes que precisam ou de agir ao ver um ato ilegal.”

Atualmente, o ABCD paulista – composto por Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano, Diadema, Mauá e Rio Grande da Serra – possui 2.120 guardas que fiscalizam aproximadamente 788 km², de seis municípios. Da Região, apenas Rio Grande da Serra não possui GCM. Com maior área para vistoriar, 408 km², São Bernardo é a cidade com maior número de homens (604), o que representa 28,5% do total.

Integração

Regina Miki ainda citou o avanço do ABCD e a proposta de integração das GCMs, por meio da utilização da mesma frequência dos rádios HT – sigla em inglês para hand-talk –, e das imagens das centrais de videomonitoramento compartilhadas. “Sabemos que cada guarda tem suas competências dentro do seu município, mas também sabemos que as divisas, por vezes, são por ruas. Portanto, se não tivermos uma boa integração, dificilmente haverá fiscalização exemplar ou êxito nas perseguições e no auxílio à polícia.”

Para melhorar o trabalho das GCMs, o Ministério da Justiça busca padronizar alguns procedimentos das guardas. “É muito importante que tenhamos uma legislação adequada, uma capacitação para que os guardas se sintam indutores de cultura de paz nos seus municípios, porém sem deixar de lado o fato de serem agentes na cadeia de segurança”, considerou Regina.

Entre outros projetos que podem otimizar o trabalho da guarda, Regina Miki ainda citou a mediação de conflitos e o auxílio na fiscalização. Neste último caso, o exemplo citado pela secretária foi o monitoramento do uso e ocupação do solo, que também favorece a segurança pública. “O poder de polícia administrativa é pouco explorado no Brasil. Na medida em que tivermos o poder de fiscalização, que é do município, e a guarda auxiliar estaremos trazendo ordem ao território, o que contribui na prevenção dos delitos”, avaliou.

Fonte: ABCD Maior

terça-feira, 10 de maio de 2011

DEMUTRAN - Departamento Municipal de Trânsito


Ilha Solteira - SP
Com a entrada em vigor do Código de Trânsito Brasileiro, em 1998, tomou-se a iniciativa de municipalizar o trânsito em Ilha Solteira, somando mais uma atividade. Apesar de já estar embutida no cotidiano a travessia de escolares, a Guarda Municipal foi capacitada para agir e fiscalizar no trânsito de fato e de direito, principalmente com a criação do Departamento Municipal de Trânsito – DEMUTRAN, com toda a estrutura exigida pelo CTB, o processamento de Multas, a Fiscalização, a Engenharia, a Educação, a Estatística, a Sinalização, a Junta Administrativa de Recursos de Infrações e ainda a nomeação da Autoridade Municipal de Trânsito.
Nesse âmbito, muitos projetos de Educação para o Trânsito foram realizados pela equipe nas escolas e na comunidade, para minimizar os acidentes, principalmente aqueles que envolviam ciclistas. A partir de 2001, teve início o emplacamento de bicicletas, por meio da Lei 559/98, um projeto de repercussão em todo o Brasil, inclusive no Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN. Atualmente Ilha Solteira possui mais de 12.000 bicicletas cadastradas e emplacadas gratuitamente.
Além dos serviços de trânsito, a Guarda Municipal atua nas mais diversas Comissões Municipais, apoiando os projetos comunitários, tais como: Comissão de Defesa Civil, de Trânsito, de Segurança, de Defesa da Criança e do Adolescente, de Turismo, da Mulher, além de participar e apoiar as campanhas desenvolvidas pela Prefeitura Municipal.
Sempre atuante, a GM e o DEMUTRAN tem sede na Alameda Pernambuco, 440 e pode ser solicitada pelos telefones 153 ou (018) 3743-6080 ou fax (018) 3742-4352.


Fonte: Departamento Municipal de Segurança e Trânsito. 

Corrupção policial motivou ataques do PCC, diz estudo. (Isso todo mundo já previa)



Folha.com: Cinco anos após a onda de ataques da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) que pararam São Paulo, o maior estudo desde então aponta as três principais causas para as ações. São elas: a corrupção policial contra membros do grupo, a falta de integração dos aparatos repressivos do Estado e a transferência que uniu 765 chefes do PCC, às vésperas do Dia das Mães de 2006, numa prisão de Presidente Venceslau (SP).


Os dados constam do estudo "São Paulo Sob Ataque", contundente raio-x elaborado durante quatro anos e oito meses sobre a onda de ataques da facção. O documento será divulgado nesta segunda-feira, com versões em português e inglês. O estudo de quase 250 páginas foi produzido pela ONG de defesa de direitos humanos Justiça Global e pela Clínica Internacional de Direitos Humanos da Faculdade de Direito de Harvard, uma das mais importantes dos EUA.

Os responsáveis por "São Paulo Sob Achaque" pesquisaram centenas de documentos, muitos deles sigilosos, processos criminais sobre as mortes ocorridas em maio de 2006 e entrevistaram a maior parte das autoridades envolvidas no episódio.

NEGOCIAÇÃO: A extorsão de R$ 300 mil que, segundo a Promotoria, foi praticada em março de 2005 pelos policiais civis Augusto Peña e José Roberto de Araújo contra Rodrigo Olivatto de Morais, enteado de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, tido pela polícia paulista como chefe do PCC, é o principal caso de corrupção policial que influenciou os ataques de maio, segundo o documento. Os dois policiais chegaram a ser presos. Hoje estão soltos. Eles negam as acusações.

Publicado em http://novomomento.com.br/corrup%c3%a7%c3%a3o-policial-motivou-ataques-do-pcc-diz-estudo.aspx

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Base e Viatura da GCM de Santo André e PM são atacadas

Uma base da Guarda Civil Municipal (GCM) de Santo André (ABC paulista) foi metralhada por criminosos. Pouco depois, uma viatura também foi alvejada durante troca de tiros com meliantes.




Por volta das 23h deste domingo, dois homens em uma moto se aproximaram do Comando Central Regional Palmares da GCM na rua coronel Celestino Fernandes, na vila Aquilino, e usando metralhadoras, atiraram contra o prédio. Ao menos 11 disparos atingiram a base da entrada (Sentinela), que ficou completamente destruída. A dupla fugiu.


Equipes de ROMU (Ronda Municipal) e viaturas setoriais da GCM prosseguiram em diligências em busca dos criminosos pela região, ao tentar abordar 2 suspeitos em uma moto ouve troca de tiros os elementos fugiram para o interior da favela Tamarutaca, próximo ao local do ataque. Seis balas atingiram o para brisa e três a lataria da viatura de ROMU 1265 da GCM. Ninguém ficou ferido.



O caso foi apresentado no 2º Distrito policial de Santo André.
Segundo a Polícia Militar, dois ocupantes de um gol preto efetuaram quatro disparos contra a sede da 1ª cia do 5º Batalhão da Polícia Militar, localizada na avenida do Poeta, região do Parque Novo Mundo. Duas balas atingiram o carro particular de um policial de plantão; os outros atingiram colunas do prédio.

O ataque desta madrugada ocorreu cinco anos após os ataques do PCC na região metropolitana de São Paulo.  
Um novo ataque foi registrado na madrugada desta segunda-feira contra uma base da Polícia Militar no terminal de cargas da rodovia Fernão Dias, na zona norte de São Paulo.


Munição calibre 45 de uso restrito encontrada no local onde os meliantes efetuaram disparos contra a viatura de ROMU
Houve perseguição e troca de tiros e os suspeitos foram presos em flagrante. Um dos acusados foi ferido na perna. Também foi apreendido uma pistola 9mm. O caso esta sendo apresentado no 9º Distrito Policial do Carandiru


Motociclista morre após bater na traseira de caminhão



O pedreiro Marcos Antônio Dias, de 39 anos, morreu em acidente de trânsito envolvendo uma moto e um caminhão na noite de terça-feira (03), no cruzamento da Avenida Atlântica com a Alameda Rio de Janeiro, nos fundos do Hospital Regional. Na moto estavam a vítima fatal e um passageiro. O Jornal da Ilha apurou que Marcos morreu no local instantes após a batida. 
O acidente ocorreu por volta das 20:40. Conforme relato do motorista do caminhão, ele estaria subindo e viu a vítima em alta velocidade e forçando a ultrapassagem em outros veículos que também estavam atrás do caminhão. O motorista disse à polícia que deu seta para a esquerda (para pegar a avenida sentido cemitério).
Segundo ele, quando já estava fazendo a conversão para a esquerda a vítima bateu na traseira direita do caminhão. O motorista disse que imediatamente parou e chamou uma viatura da Guarda Municipal que estava próxima do local. O condutor da moto deu entrada no Hospital já sem vida, o passageiro permaneceu internado em observação. Os policiais militares tentaram ouvir o passageiro no hospital, mas não foi possível registrar a versão, pois estava sobre efeito de medicamentos.
Na Delegacia de Polícia a ocorrência foi registrada como acidente de trânsito, colisão e homicídio culposo na direção de veículo automotor. A reportagem apurou que o passageiro da moto é um pintor, de 34 anos. O local foi preservado até a presença da perícia. Por estar com a documentação em ordem, a moto foi liberada para a mãe do falecido.

 Fonte: Jornal da Ilha - Ilha Solteira.

Guarda Municipal, Policias, Agente e Bombeiro recebem “Medalha Tiradentes”


ILHA SOLTEIRA -

 Pela atuação destacada no último ano, um policial militar, um policial civil, um guarda municipal, um agente de segurança e um bombeiro foram homenageados pela Câmara de Vereadores com a Medalha Tiradentes. As honrarias foram entregues durante sessão solene neste início de mês. Os homenageados foram indicados pelas corporações onde atual.

A honraria é concedida anualmente pela Câmara aos profissionais de segurança que tiveram atuação destacada em suas atividades. Este ano receberam a medalha o policial militar Reginaldo Martinho, o policial civil Nelson Motta, a guarda municipal Sidnéia Aparecida Lélis, o agente de segurança Evando de Araújo Filho e o bombeiro Paulo Rafael Fakine.

A guarda municipal Sidnéia Aparecida Lélis recebe medalha do vereador Luís Otávio.

Beatles Cover trouxe nostalgia e grande público


ILHA SOLTEIRA -

Segundo a Guarda Municipal de Ilha Solteira mais de 4 mil pessoas compareceram à Praça da Integração na noite de último sábado dia 16 de abril, para aplaudir e se encantar com a apresentação da Zoombeatles, considerada a melhor banda cover (imitação) dos Beatles.

A repercussão do evento promovido pelo Departamento Municipal de Cultura em parceria com o Fã Clube Beatles Forever, foi tão grande quanto a surpresa de quem apareceu na praça esperando ver uma apresentação comum.

Porém, não foi nada disso. Todos se surpreenderam com a performance do grupo que matou e ressuscitou a saudade da banda que fez o rock in rol invadir o mundo.

Nos sites de relacionamentos, os jovens estudantes da Unesp trocaram frases do tipo: “estava na hora de sair um pouco do sertanejão e dar mais espaço para o rock”. O prefeito Edson Gomes também se empolgou e já acatou a sugestão do diretor de Cultura Nilson Nantes de trazer para a Estância, uma apresentação especial do “U2 Cover”, considerada uma das bandas de maior público na atualidade.

Além da apresentação da banda, foi sucesso também a Exposição dos Beatles no Centro Cultural.

Festival Gospel

O próximo grande evento musical na Estância Turística de Ilha Solteira será nos dias de 12 a 14 de maio, com a realização do 9º Festival Gospel. O encerramento será com a banda Fat Family, famosa em todo Brasil. As inscrições para esse festival já estão abertas.

Foto: Beatles Cover agradou até no visual.

Um morto e três feridos em capotamento de Gol


ITAPURA – Um garçom morreu, dois passageiros foram internados em estado grave e outro escapou com ferimentos mais leves de um acidente na Rodovia Gerson Dourado de Oliveira [Rodovia dos Barrageiros], a cerca de 150 metros após o trevo de Itapura – sentido Ilha Solteira. O grupo estava no Gol, ano96, cor verde, placa CBW-5689, que capotou no local e ficou completamente destruído.

O motorista Luciano Menezes Oliveira, 34, garçom da Padaria Ki-Pão e morador no Passeio Sobral, 306, em Ilha Solteira, foi lançado a cerca de cinco metros do veículo e morreu no local.

Outro garçom, Silvio Moreira Silva, 39, da avenida Atlântida, 150, e Fabiano Viana Hortência, 25 [a polícia não conseguiu maiores informações da vítima], também arremessados fora do Gol, foram internado em estado grave na UTI do mesmo hospital.

Já Maicon Botelho Gomes, 24, do Rio de Janeiro e atualmente residindo numa pousada em Ilha Solteira, conseguiu sair andando do veículo destroçado. O PM Neive, foi o primeiro a chegar ao local do acidente, um pouco antes de uma equipe da concessionária que cuida da rodovia.

Uma ambulância da Prefeitura de Itapura e Bombeiros de Ilha Solteira socorreram a vítimas. Segundo deduz os funcionários da concessionária, nenhum dos ocupantes do Gol usava cinto de segurança na hora do capotamento, por volta de 21h20.

Segundo apurou a polícia, com base em depoimento de um dos passageiros, Luciano perdeu o controle da direção após frear para não atingir um veículo à frente, que teria freado depois de ultrapassar o Gol. Mas o laudo da Perícia Técnica, que deve ser emitido em trinta dias, deve apurar as verdadeiras causas do acidente.

Gol ocupado pelos quatro rapazes parou a cerca de dez metros da estrada.

sábado, 7 de maio de 2011

A CULPA É DA GUARDA MUNICIPAL OU DAS POLÍCIAS?‏




“A CULPA É DA POLÍCIA OU DA GUARDA MUNICIPAL?  MAS COMO TODOS SABEMOS QUE É DA GUARDA MUNICIPAL, ENTÃO NÃO É DA POLÍCIA! MAS COMO  SE NÃO É NEM DA GUARDA MUNICIPAL OU DA POLÍCIA; DE QUEM É A CULPA ENTÃO? 

Prof. João Alexandre[1]
professor.joaoalexandre@hotmail.com

Esse título lhe parece confuso? Mas propositalmente o escrevi dessa forma, para que vocês possam notar que é exatamente isso que ocorre nos debates acadêmicos, políticos, legislativos, judiciários e dentro das corporações policiais como um todo, quando se discute questões sobre segurança pública e principalmente relacionadas com a participação do município e de suas agências de segurança (Guardas Municipais). É um debate cansativo, repetitivo, ultrapassado e que dá raiva quando ainda se quer discutir coisas como “poder de polícia para as guardas” ou aqueles temas “pode ou não pode?” Coisas simples se transformam em um enigma nas mãos desses mágicos!

Temos tantos cérebros privilegiados, que não conseguiram ainda responder a uma questão como “as guardas municipais estão no art. 144 da CF por que são polícias também, ou são polícias também porque já estão no art. 144?” Redundante também não é?  Notem que se passaram mais de 20 anos e estamos discutindo o óbvio! Enquanto as autoridades executivas e legislativas não se preocuparam em regulamentar o sistema de segurança pública, o crime já se organizou, reorganizou, já está trabalhando com “exportação tecnológica” de gestão criminosa, implantando sistemas de franquias, fazendo “convênios” com outras facções (nacionais e internacionais), implantando o sistema de “terceirização” de serviços, contratando, mediante “locação” armas e veículos para empreitadas no crime e terceirizando serviços. Como se não bastasse, estão também “comprando” autoridades em todos os níveis do processo decisório que lhes interessam e lavando dinheiro no mercado financeiro. Os negócios no crime vão muito bem, obrigado!

Enquanto isso, no “mundo de Bob” da segurança pública, a discussão se dá em torno de: I. o porte de arma para o GM deve ser funcional ou não? No Município ou o Estado? II. O que podemos fazer para “sumir do mapa” com servidores readaptados, já que eles não são seres humanos e está “atrapalhando” os serviços ?  III. Quem vai ser o comandante? O mais bonito? O mais (in)competente? Ou mais cheio de brevês?  A tonfa que será comprada deve ser de borracha ou de policarbonato? O uniforme terá a cor azul noturno ou azul bebê? E enquanto isso, meia dúzia de gatunos engordam suas contas bancárias desviando recursos, ou quando não fazem, aplicam muito mal o orçamento da segurança pública; comprando produtos que não servem para serem usados, alugando carros impróprios ao emprego nos serviços de policiamento, adquirindo pistola para quem trabalha em serviço interno e nunca viu um bandido de “carne e osso” ou sequer sabe o que acontece lá na “ponta da linha”, pois assim que tomou posse foi direto parar atrás de uma escrivaninha com ar condicionado, cafezinho e bolacha recheada. Jamais conversou com um subordinado, trocou algumas idéias, compartilhou alguma ocorrência “gigante”. 
Enquanto isso, Guardas Municipais que querem ser promovidos ou freqüentar um curso dentro da própria instituição ou ainda acessar direito líquido e certo (promoção, enquadramento, etc.) deve vergonhosamente, recorrer ao judiciário, pois os que se dizem “gestores” da causa pública só concedem os “direitos” mediante liminares, (quando as obedecem ou imoralmente as refutam com argumentos que nem Deus acredita!). Alguns sindicatos e associações são verdadeiras “fábricas de ilusões” e “lojas de vender máquina de enxugar gelo e ensacar fumaça”. Canoas furadas, com presidentes marionetes ou acovardados que só servem para envergonhar e enfraquecer a categoria perante os “gestores” e todo sistema político dominante.
Creio que na verdade, esse ciclo vicioso de debates, é premeditado para poder “desanimar” aqueles que ainda pensam ou acreditam em melhorias presentes ou futuras. Gestores feitos nas “coxas”, que sentam seus fartos traseiros em cadeiras almofadadas e que nem sequer atentam, que mais de 76 milhões de brasileiros não se sentem seguros[2] e de que 65% dos paulistanos vivem assustados com a violência geral[3]    
Para finalizar, vou reproduzir uma fábula cujo título é o jogo de empurra[4] que conta a história de quatro pessoas: TODO MUNDOALGUÉMQUALQUER UM e NINGUÉM

“Havia um importante trabalho a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza de que ALGUÉM ao faria. QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM zangou-se, porque entendeu que sua execução era responsabilidade de TODO MUNDO.
TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia executá-lo,a mas NINGUÉM imaginou que ALGUÉM faria.
Ao final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito”.


Essa história te parece familiar? De quem é a culpa? Reflita!



[1] Professor e Coordenador do Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos – CESDH.
[2] Pesquisa do IBGE publicado em 15/12/2010
[3] Índice de Referência de Bem-Estar (Irbem), publicado em 21/01/2011
[4] Autoria desconhecida.

Texto enviado pelo Professor João Alexandre