PATRULHEIRO PROTETOR E AMIGO

domingo, 8 de março de 2015

Guarda Civil de Indaiatuba recebe duas Novas Viaturas para Policiamento Preventivo/Ostensivo


O vice-prefeito, Antonio Carlos Pinheiro (PTB) e o secretário de Segurança Pública, Alexandre Guedes Pinto, entregaram na terça-feira (03) duas novas viaturas para a Guarda Civil de Indaiatuba. Eles representaram o prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB). 
As chaves foram recebidas pelo diretor da corporação, Mário Sérgio Zombine. Foram adquiridos dois veículos modelo SUV da cor Branca com motorização 2.0 de 16V. “Optamos por SUV por ser uma viatura alta e assim com maior facilidade em deslocamentos pelas ruas da cidade e devemos seguir essa tendência. Já temos outras quatro SUV em processo de licitação para o policiamento preventivo/ostensivo da Guarda Civil de Indaiatuba”, comenta o secretário de Segurança Pública. 
As viaturas devem entrar em operação na próxima quinta-feira (5), quando todos os documentos ficarão prontos. ARMA NÃO LETAL A Guarda Civil também adquiriu, no mês passado, 50 frascos de spray imobilizante de 70 gramas e outras cinco unidades com 450 gramas de spray imobilizante pro nevoa. O material serve como reposição no estoque da corporação. Eles são produzidos de extratos vegetais e podem ser utilizados em dispersão de distúrbios civis.

Fonte:http://amigosdaguardacivil.blogspot.com.br/2015/03/guarda-civil-recebe-duas-novas-viaturas.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+AmigosDaGuardaCivil+(AMIGOS+DA+GUARDA+CIVIL)


CONGM E SINDGUARDAS SOLICITA ANATEL GRATUIDADE PARA A POPULAÇÃO ACIONAR GM 153 NO BRASIL


A CONFERÊNCIA NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS DO BRASIL
CONGM E O SINDGUARDAS-MG : INFORMA:

No dia 02 de Março de 2015 realizamos intensa e proveitosa agenda oficial em Brasília

ANATEL – Realizamos reunião com a Dra. Marilda Moreira Superintendente Executiva da Agência Nacional de Telecomunicações. Nossa pauta foi a liberação da linha 153 para as Guardas Municipais do Brasil conforme previsão da lei 13.022/2014. A ANATEL trabalha com duas categorias: Serviço público e serviço de emergência e urgência. Antes da aprovação da lei e até hoje as Guardas Municipais eram inseridas na categoria de serviços públicos o que não dava o direito a gratuidade ao serviço para a população que o fizesse uso. Na reunião apresentamos a lei 13.022 para a Dra Marilda Moreira dando ênfase aos incisos XIII e XIV do artigo 5 da lei, o que coloca a Instituição Guarda Municipal na categoria de serviço de Urgência e Emergência possibilitando assim o direito a GRATUIDADE e acesso aos serviços essências para a população da Nação brasileira .

Encaminhamento:
A ANATEL fica a partir dessa reunião recomendada a termo de solicitação reorgarizar os sistema e as normativas a fim de criar as condições burocráticas para o uso do serviço essencial a toda a população.
Agenda composta pelo Presidente da Conferência Nacional das Guardas Municipais Oséias Francisco, o Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do Minas Gerais, Sr. Pedro Bueno e o Diretor Sr. Renato; O Presidente do IPECS Sr. Sergio França; O Comandante da Guarda Civil de Mauá Sr. Carlos Conígero e o Comandante da Guarda Civil de Goiânia Sr.Passos. Contamos com a contribuição da Inspetora Roseane Costa e do apoio do Gcm AgneloPaiva.

Fonte: Guarda Civil GCM Bueno


CONGM E SINDGUARDAS-MG REALIZAM AGENDA NO STF EM DEFSA DAS GCM'S DO BRASIL


CONFERÊNCIA NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS DO BRASIL
CONGM E O SINDGUARDAS-MG : INFORMA:

No dia 02 de Março de 2015 realizamos intensa e proveitosa agenda oficial em Brasília ESPECIALMENTE NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF).
Realizamos uma agenda memorável no gabinete do Ministro Gilmar Mendes relator da ADI 5156 , onde fomos recebidos pelo representante da equipe técnica e o Excelentíssimo Juiz Assistente Jurandir Pinheiro. Entregamos um memorial de documentos estatísticos dos trabalhos das Guardas Civis Municipais de Diversos Estados para demonstrar a importância e necessidades da continuidade desses serviços à população principalmente no tocante atuação da GCM no exercício da fiscalização de Trânsito. O magistrado representante após receber nossa representação e apontamentos quanto a Ilegitimidade da entidade (FENEME) propositora da Ação de Inconstitucionalidade, deixou-nos cientificados que o mérito desta Ação, se quer será julgado caso seja reconhecido a Ilegitimidade desta instituição, outro sim favorável por se tratar poder discricionário da STF é a previsão de aceitação das Entidades manifestantes como amicus curae em favor da Legalidade e Constitucionalidade da LEI 13022 de )8 de agosto de 2014. Considerando o cenário mais favorável e sendo reconhecida a ilegitimidade da FENEME a ação perderá automaticamente seu efeito.
Agenda composta pelo Presidente da Conferência Nacional das Guardas Municipais Oséias Francisco o Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do Minas Gerais, Sr. Pedro Bueno e o Diretor Sr. Renato; O Presidente do IPECS Sr. Sergio França; O Comandante da Guarda Civil de Mauá Sr. Carlos Conígero e o Comandante da Guarda Civil de Goiânia Sr.Passos. Contamos com a contribuição da Inspetora Roseane Costa e do apoio do Gcm AgneloPaiva.

Fonte: Guarda Civil GCM Bueno

sábado, 17 de janeiro de 2015

Ato de Repúdio contra policiais militares de Minas Gerais em ocorrência envolvendo Guardas Municipais de BH e policial militar aposentado



16/01/15 - Por Eliel Miranda: Estacionem as viaturas e desliguem seus sinais luminosos, Retirem as coberturas e as coloquem junto ao peito, Indaguem quais são os motivos de estarmos protestando, Perguntem o porquê de estarmos fardados e desafiados, Investiguem nossas lutas, descubram os motivos do nosso anseio, Perscrutem nossos discursos e as nossas marchas azul marinho, Levantem seus olhares e mirem na cidade de Belo Horizonte, Quantos outros exemplos de vaidade e covardia precisaremos? Na rodoviária da cidade de Belo Horizonte, terra de paz e de povo hospitaleiro, Um policial militar aposentado, agindo desonestamente com quem paga seus impostos, Angariador de passageiros para o transporte coletivo ilegal, prática imoral, Flagrada a situação a Guarda Municipal, Lilian Emiliano de Oliveira, no exercício do seu trabalho, age, Faz a abordagem, mas a arrogância do pm faz a patrulheira elevar sua resposta, A arma de baixa letalidade imobiliza o infrator da lei e a Guarda Lilian pede reforço


Outros polícias militares chegam no local, o esperado era que apoiassem a Guarda Lilian, Mas o pm aposentado, agora criminoso, por ter cometido o ato de desacato, Passa a ser defendido e na inversão de valores, de policiais que deveriam respeitar a lei, Uma munição de borracha atinge o rosto da Guarda Lilian, rasgando lhe a bochecha, A agente da lei, que estava agindo para zelar da população e dos interesses desta, Covardemente é tirada da cena, dentes da sua boca voam pelo ares, seu sangue foi derramado, O GM Fábio Vaz Pacheco, que estava na ocorrência com a Guarda Lilian também passa a ser agredido, O GM Fábio foi chutado, xingado, depois algemado e preso no “corró” da viatura da pm, 

A confusão se instalou e imaginem-se na situação dos Guarda Municipais, Como você, cidadão de bem, guarda municipal, trabalhando se sentiria? A sua parceira de trabalho sangrando, caída no chão e você sendo preso, Por outra instituição de segurança, que deveria ter ajudar a manter a ordem. 

Na GM de Belo Horizonte, o comando maior é um militar da reserva e se cala, a espera do que? De uma saída estratégica para agradar a gregos e também a troianos? De uma saída diplomática para não ficar mal com a sua verdadeira família? Diga, comando, ser for possível, qual é o seu comprometimento com seus homens e mulheres? 

Lamentável... 

Somos uma categoria em franca regulamentação, que preenche um vazio deixado pela polícia militar, A lei 13022 de onze de agosto de 2014 é o nosso Estatuto, o das Guardas Municipais, Veio depois de quase trinta anos de promessa, foi vomitado e não de bom grado, Uma exigência, uma necessidade e não uma bondade, quiça mero interesse, 

Enfim, liguem suas viaturas, coloquem suas coberturas e acionem seus sinais luminosos, Voltem ao trabalho e registrem que um ato de repúdio está aqui manifestado e será por muitos outros compartilhado, Vamos exigir atitudes além de papéis de inquérito, além de corregedorias, É preciso de uma vez por todas entender que viemos para ficar e para se aprimorar, 

O sol nos abençoará de dia e a lua será nossa amiga e testemunha na madrugada, E Deus estará nos guiando e nos fazendo mais forte a cada injustiça que sofremos. Quando um guarda municipal no Brasil for atingido, todos nós sentiremos suas dores, Muito prazer, somos uma nação, a Nação Azul Marinho e lutamos juntos e sempre venceremos. 

Muito obrigado.

ELIEL MIRANDA

Fonte:CANAL AZUL MARINHO

LINK: http://gcmsbo.blogspot.com.br/2015/01/ato-de-repudio-contra-acao-de-policiais.html

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Guarda Civil Municipal de Ilha Solteira - Deseja a Todos os Moradores e Visitantes, Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.




Ilha Solteira - SP.

A família Guarda Civil Municipal vem agradecer primeiramente a Deus por mais essa missão cumprida nesse ano de 2014. Desejar um Feliz Natal a todos os moradores de Ilha Solteira e também a todos os visitantes, sejam bem vindos ao natal legal de nossa cidade. Esses são os votos de nossa Corporação e também dos idealizadores do Blog. E que Deus nos abençoe nessa nova etapa do próximo ano de 2015. Saudações "Azul Marinho".


domingo, 7 de dezembro de 2014

PEC Aprovada na CCJ Torna Segurança Competência Comum a União, Estados e Municípios




A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (3) a Proposta de Emenda Constitucional 33/2014, que inclui a segurança pública entre as obrigações de competência comum entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios. O projeto segue agora para o Plenário, onde passará por dois turnos de discussão e votação.
Com as modificações propostas pela PEC, a segurança pública passaria a figurar no artigo 23 da Constituição, que trata das competências comuns dos entes federativos. Ela também seria incluída no artigo 24, que fala dos temas sobre os quais tanto a União quanto os estados e o DF podem legislar.
O autor da PEC, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), explica que a Constituição já atribui ao poder público brasileiro, de forma geral, o dever de garantir segurança à população. No entanto, diz ele, é necessário explicitar essa obrigação para todos os níveis do Estado.
“A violência e a criminalidade são fenômenos extremamente complexos e dinâmicos, e para enfrentá-los é necessário um grande esforço integrado e compartilhado”, escreve Ferraço em sua justificativa. Na sua opinião, trata-se de “uma omissão” dos constituintes de 1988, que deve ser corrigida.
O relator da matéria na CCJ, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), apresentou voto favorável com duas emendas de redação, que não modificam o conteúdo da PEC. Vital lembra que a área de segurança pública já é compartilhada por órgãos federais (como a Polícia Federal) e estaduais (as Polícias Militares, por exemplo) e, cada vez mais, pelas guardas municipais — que demonstram que os municípios também se ocupam dessa atividade.
Dessa forma, enfatiza o relator, é oportuna a adequação do texto constitucional “a fim de extirpar quaisquer eventuais dúvidas existentes a respeito da competência comum de todos os entes da federação brasileira no que tange à garantia da segurança pública”.
Na recente eleição presidencial, vários candidatos — incluindo a presidente reeleita, Dilma Rousseff — defenderam a inclusão da segurança pública entre as atribuições constitucionais do governo federal.

Fonte: Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Projeto Estabelece Piso Nacional para Guardas Municipais


O relator do projeto, deputado Lincoln Portela, do PR de Minas Gerais, sugeriu uma emenda que aumenta o valor do piso para R$ 2000,00, e que foi aprovada pela Comissão.

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 5616/13, de autoria do deputado Andre Moura, do PSC de Sergipe, que estabelece piso salarial nacional para os guardas municipais no valor de R$ 1200 mensais.

O valor será reajustado, anualmente, pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), indicador de inflação medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a Constituição Federal, os municípios podem formar guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações (art.144, § 8º).

O relator do projeto, deputado Lincoln Portela, do PR de Minas Gerais, sugeriu uma emenda que aumenta o valor do piso para R$ 2000,00, e que foi aprovada pela Comissão.

Segundo Lincoln Portela, o aumento proposto é uma forma de melhorar as condições de trabalho dos guardas municipais e cobrir a defasagem, que ocorrerá até a aprovação do projeto pelo Senado Federal. "Na realidade, eles merecem um piso salarial melhor, mas o grande problema é que cidades do interior não conseguem pagar um piso melhor do que esse. Então, eu penso que dois mil reais ficou, guardadas as proporções, de bom tamanho".

O piso salarial não se confunde com o direito ao salário mínimo, estabelecido na Constituição (CF, art. 7º, IV). Na verdade, o piso salarial é o limite fixado em lei como remuneração mínima a ser paga aos integrantes de determinada profissão regulamentada ou categoria de trabalhadores.

O presidente da Associação Brasileira das Guardas Municipais, Ezequiel Edson Faria, comentou o assunto. "Em relação ao valor estabelecido, a gente nunca pode falar que está satisfeito, como uma associação. A gente sempre gostaria que fosse mais. Em grandes cidades, a guarda municipal desenvolve o mesmo trabalho que a polícia militar. Mas, já é um avanço muito grande em relação às pequenas comunidades, onde o salário, realmente, é muito inferior".

O projeto que estabelece o piso de salário nacional para guardas municipais tramita em caráter conclusivo e segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

Fonte: Agência Câmara.


sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Guarda Civil Municipal, Polícia Civil, Polícia Militar Recuperam Produtos Furtados e Suspeitos são Presos



foto do caminhão fonte: ilhadenoticias.com
Ilha Solteira - SP

No dia 22/10/2014 por volta das 18:05 min as equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal deslocaram-se até a Alameda das Rosas, localizada no Bairro do Ipê Zona Rural, para averiguar a denúncia de que haviam veículos com as mesmas características que foram furtados e usados para a prática de furto de pneus na região, e também para outros furtos em fazendas e ranchos próximo a Santa Fé do Sul, Três Fronteiras e Jales. Durante a abordagem na residencia citada foram detidos os suspeitos C.R.S (23 anos) e L.G (49 anos). Dentro da residencia foram encontradas 01 arma "Carabina" calibre 38, marca Rossi com seis cartuchos íntegros, 01 arma "Espingarda" calibre 28, marca Rossi e uma capsula, 01 arma "Revolver" calibre 38, marca Taurus com 5 cartuchos íntegros e 02 carregadores. Também foram encontrados no local e apreendidos 01 veículo Motocicleta marca Honda/NX Falcon, cor preta, 01 veículo marca VW Saveiro, cor branca, ano 1983, 01 veículo marca chevrolet/montana, cor preta, ano 2012, 01 veículo marca Ford/F 100 A, cor verde, ano 1976, 01 veículo marca GM/Chevrolet D-20 Custon, cor vermelha, ano 1993. Também foram apreendidos 02 chaves falsas (mixa) usadas para abrir os veículos, televisores, várias garrafas de bebidas destiladas, várias cotas de botijão de gás, ferramentas, tambores de leite, latas de cerveja lacradas, serras elétricas, lavador a jato, alguns documentos de outros veículos, celulares, aproximadamente 32 relógios de pulso, pingentes, alianças, várias correntes douradas e pratas, DVD marca LG, uma máquina de lavar electrolux cor branca, 05 baterias de celulares, folhas de cheque do banco bradesco e banco brasil, vários mantimentos, 02 duas geladeiras marca Brastemp Clean, cor branca, 01 Freezer Cobeer H210 marca Electrolux cor branca,  01fogão a gás marca Chef Electrolux, cor branco, entre outras várias mercadorias apreendidas no lote. Enquanto se faziam as buscas, um outro comparsa que dirigia uma caminhonete carroceria de madeira cor verde, chegou próximo do local e ao perceber as viaturas imprimiu fuga, e após acompanhamento policial, abandonou o veículo e fugiu por um matagal. Devido ao empenho e dedicação das corporações em trabalho conjunto Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal com a coordenação do Delegado de Polícia Civil Drº Miguel Angelo Micas, foi possível recuperar a maioria dos ítens furtados para serem devolvidos aos seus proprietários. Qualquer pessoa que foi vítima dessa quadrilha, poderá entrar em contato com a Delegacia de Polícia Civil de Ilha Solteira - SP, através do telefone (18) 3742-2463.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

1º Seminário sobre Guardas Civis Municipais do Estado de São Paulo





Ilha Solteira - SP

Integrantes da Guarda Civil Municipal de Ilha Solteira participaram no dia 12/09/2014 do Seminário da Federação dos Sindicatos dos Servidores e Funcionários Públicos das Câmaras de Vereadores, Fundações, Autarquias e Prefeituras Municipais do Estado de São Paulo, promovido pela FESSPMESP (Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais do Estado de São Paulo que contou com várias instituições e associações das Guardas Civis Municipais. O evento aconteceu no Centro de Integração e Valorização do Idoso João Batista Inocentini (CIVI), localizado na Rua Major Rehder, nº 650 - Centro na cidade de Americana/SP. A iniciativa de convidar representantes da Guarda Civil Municipal juntamente com representantes do Sindicato partiu do Presidente Valdeci Ferreira Lima com o apoio de toda a Diretoria do (Sind Ilha) Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos do Município de Ilha Solteira. Durante o seminário houve a participação dos palestrantes Professor João Alexandre (desarmamento), Maurício Domingues Naval (PL 1.332/2003 - PLC 39/2014), Dener Angelo Dalbem Bilatto (Aposentadoria Especial - Súmula 33), Ezequiel Edson Farias (Aposentadoria Especial GCM ) e a presença do Deputado Federal e autor da PL nº 1332/2003 Arnaldo Faria de Sá. O objetivo do seminário foi de informar aos participantes sobre assuntos referentes a aposentadoria especial - Súmula 33, e aposentadoria especial GCM, entre outros assuntos.  Participaram do seminário os GCMs Cristofoli, Hércules, Roberto e Tobias. Agradecer a Secretaria de Segurança, Transporte, Trânsito e Defesa Civil pelo apoio e liberação dos servidores para o seminário. O GCM Tobias é também representante da Diretoria do Sind Ilha no qual estava representando também todos os servidores públicos municipais.